Irmandade do Éter | Beating the Pearls | a place to be | facebook
RSS subscrive RSS play iTunes iTunes join facebook facebook google +google +
bitsounds .
whisper incantation

#090

bitsound #090
Guardar [MP3, ZIP] [00:56:30 | 31-03-2009]

# "over the sea" by Zito C
00:00 | Mitsuyoshi Matsuda - Evening Melody [Tomodachitachi (demo), 2009] Info
03:30 | Sun, Cancelled - Blessings [On My 8th Day at Sea EP, 2004] Info
07:15 | tUnE-YaRdS - For You [BiRd-BrAiNs, 2009] Info
08:30 | Vincent - Sober Morning Walk [It's Only Wasteland, Mum!, 2009] Info
11:40 | Heidi Elva - For Your Love [Ships and Trees, 2009] Info
16:10 | One Little Plane - Until [Until, 2008] Info
18:40 | Dné - First Conversation [Talking With Crayons, 2009] Info
20:36 | Lay Low - Days Have Been [Farewell Good Night's Sleep, 2008] Info
24:00 | Lispector - Romantic At Heart [Guide To Personal Happiness, 2008] Info
25:40 | Psapp - Upstairs [The Only Thing I Ever Wanted, 2006] Info
29:10 | Lali Puna - Small Things [Faking The Books, 2004] Info
32:35 | Leila - Lush Dolphins [Blood, Looms And Blooms, 2008] Info
36:20 | Ms. John Soda - Sometimes Stop, Sometimes Go [Notes and the Like, 2006] Info
42:05 | Catherine Wheel - I Want To Touch You [Ferment, 1992] Info
46:35 | Ride - Vapour Trail [Vapour Trail, 1990] Info
50:55 | Fanfarlo - Comets [Reservoir, 2009] Info

10 comments:

rosa said...

linda.

a foto e a 1ª música. perfeita combinação.

é uma vergonha nao vir aqui mais vezes.

Arya Bodhisattva said...

Vou já descarregar e ouvir! =)

(E subscrevo o 1º comentário inteiramente.)

Zito said...

obrigado rosa
obrigado Arya

e voltem sempre
a janela do bit fica aberta

hg said...

Vapour Trail... as memórias. Ando a aguardar por dias mais calmos para poder ouvir atentamente os últimos bits. Mas do que vejo pelos alinhamentos... terei boas audições e viagens ;)

Zito said...

Vapour Trail deve continuar a visitar aqui o bit, noutras vozes
sim, bons tempos os anos 90 eh eh

qq dia aparece por ai um revival

JahMicah said...

Bom Bit!
Impossivel nao focar o meu comentario nos Ride. Quase que apetece dizer que estes teriam uma discografia perfeita se não fosse o ultimo album.

"Tremble with a sigh,
Glitter in your eye.
You seem to come and go,
I never seem to know."

Ride, para ouvir.. sempre!

Zito said...

afinal ainda há por ai pessoal q gosta dos Ride, ou de recordar os Ride


foram um pouco, injustamente, esquecidos, deixaram saudades

por acaso nem imagino o que é feito deles !

Azelpds said...

Parte deles, dos Ride, estão agora nos Oasis. :p

O Andy Bell, que era guitarrista e vocalista, toca agora baixo nos Oasis. Já o Mark Gardener, que ocupava as mesmas funções nos Ride, não soube assim mais nada dele após o álbum que lançou há uns 4 anos atrás salvo erro.

Voltando ao Bit, estava custoso conseguir meter aqui umas palavras, mas gostei, e se a recordação dos Ride sabe sempre bem, prefiro salientar a dos Catherine Wheel, que é outra banda que costuma ser ainda mais esquecida e posta de lado, apesar dos dois primeiros álbuns 'brilhantes'. :)

Acho que ambas as bandas perderam bastante do seu peso depois dos primeiros álbuns, devido às mudanças de sonoridades, já para não falar de um certo movimento que existia na altura um pouco anti bandas do género. Mas com o tempo, e com o revisitar destas sonoridades por parte de bandas e projectos novos, vai-se ouvindo falar um pouco mais delas e doutras.

O normal é ouvirmos e lermos o citar da praxe dos MBV (chega a ser cliché por vezes e mais parece é que não conhecem outros nomes), mas da altura existem imensas bandas que merecem ser recordadas e que foram importantes. Ride, Catherine Weel, Medicine, Slowdive, Chapterhouse, Curve, Adorable, Lush, Pale Saints, Band of Susans, Kitchens of Distinction, Throwing Muses, etc.

É uma pena que os anos 80, 90 e outras alturas, sejam realmente recordados por pequeninas partes deles (pop comercial, grunge), esquecendo-se a imensa quantidade de música que surgiu nas mesmas. Mas aí entramos 'nós'. :D

Recordar Lali Puna também foi bom, ainda por cima do álbum Faking the Books, que é o meu predilecto. Várias coisas que um dia talvez recorde no Gravidade também, à medida que a liberdade o permita e consoante as semanas. :)

Zito said...

nos Oasis ?! coitados eh eh
tens toda a razão, muitas bandas dessa altura desapareceram ainda mais q os Ride (tenho encontrados novas pistas, a passar no próximo bit)
os MBV foram muito importantes, bem como os JAMC, são duas bandas q marcaram gerações, e ainda continuam a cativar novos ouvintes

o cobain lixou tudo eh eh

algumas das bandas q falas passaram-me ao lado: Chapterhouse, , Band of Susans e Kitchens of Distinction, vou ter q ir à procura deles :)

parece-me q ainda se anda muito pelos 80's, a seguir vamos sentir mais a influência dos 90's, parece-me ser a ordem natural dos revivalismos, enquanto isso a gente vai na dianteira eh eh

n esquecer a cena de bristol q marcou muito boa gente

Azelpds said...

Também continuo a encontrar ainda hoje bandas da altura (80, 90, etc) que não fazia ideia da sua existência ou que simplesmente também me passaram ao lado devido a diversos factores. É normal, até mesmo por questões de idade e gostos que vão mudando.

A cena dos MBV e JAMC, apesar de gostar e serem claramente bandas muito influentes, por vezes noto é que na imprensa, e não só, limitam-se a citar esses nomes como influencias quando depois vais ouvir as bandas e não têm nada a ver. Simplesmente olha, tem guitarras em certa onda, feedback, etc vamos dizer que é influencia de MBV lol.

E sim, a cena de Bristol também claro. :)

Band of Susans é uma onda mais sónica e noise, na veia dos Sonic Youth, mas apesar dos álbuns serem em geral algo desiquilibrados, têm diversos temas deveras curiosos, sejam instrumentais como cantados.

Chapterhouse também tem faixas bem engraçadas ('Pearl é um clássico'). Basicamente, das cinzas deles e dos Slowdive nasceram os Mojave 3. :)