Irmandade do Éter | Beating the Pearls | a place to be | facebook
RSS subscrive RSS play iTunes iTunes join facebook facebook google +google +
bitsounds .
whisper incantation

#052

podcast
bitsound #052 00:56:58 | 24-05-2008
Play | Guardar [MP3, ZIP]

# Zito C., Caxias, Portugal, Maio 2008
00:00 Squarepusher Song: Our Underwater Torch Maximum Priest EP [1999] Info
06:20 Hector Zazou Des Cocotiers Géographies [1984] Info
11:25 Dictaphone La Piscine m.=addiction [2003] Info
14:40 Nouvelle Vague Waves Bande A Part [2006] Info
17:50 Battle of Land and Sea, The You Are A Sailor The Battle of Land and Sea [2008] Info
23:00 Bobby & Blumm Sea song Everybody Loves [2008] Info
26:10 Susumu Yokota & Rothko Distant sounds of Summer Distant sounds of Summer [2005] Info
31:20 Dirty on Purpose Always Looking Hallelujah Sirens [2006] Info
32:55 Múm Behind Two Hills... A Swimmingpool Finally We Are No One [2002] Info
33:55 Múm Faraway Swimmingpool Finally We Are No One [2002] Info
36:00 Colleen Sea of Tranquility Les Ondes Silencieuses [2007] Info
41:45 Thom Yorke And It Rained All Night (Burial remix) The Eraser: Remixes [2007] Info
46:40 Paavoharju Kirkonväki Laulu Laakson Kukasta (EP) [2008] Info
49:55 Montag 322 Water Going Places [2007] Info
53:55 Cat Power Bathysphere What Would The Community Think [1996] Info
... a água, como elemento condutor sonoro pode assumir diversas formas, a água em gotas, em chuva, nas ondas, como um rio.
A água como metáfora tantas e tantas vezes repetida.
 
 
 Tom 'Squarepusher' Jenkinson, senhor de domínio fácil de tantas linguagens, editou no ano de 1999 um EP menos influênciado pela actualidade da altura, "Song: Our Underwater Torch" é um tema de melodia marcada pela cadência da água, ritmo arrastado, despido das batidas electrónicas que caracterizavam o som dos Squarepusher.
 
Recuando até ao ano de 1984 encontra-se Hector Zazou acompanhado por vozes infantis em "Géographies",  disco n.º 3 da excelente série da Crammed Discs, "Made To Measure".
 
O som de crianças a brincar são o fundo sonoro perfeito para "La piscine" dos alemães Dictaphone.
 
O mar, as ondas do mar, e os marinheiros que se deixam perder nelas são temas explorados pelas canções seguintes.
 
A calmaria segue até "Sea of Tranquility" de Colleen, depois somos albarroados por alguma "esquizofrenia" sonora, uma tempestade iniciada ao som  de "And It Rained All Night", tema de Thom Yorke que Burial tem o prazer de reconstruir.
 
... e para o fim fica a senhora que deve andar por aí, Chan Marshall, numa versão avariada da ainda mais avariada original, de um senhor que deve estar a chegar, Bill Callahan ...
 
"Bathysphere"
 
When I was seven
I asked my mother
To trip me to the bay
And put me on a ship
And lower me down
Lower me out of here
 
Because when I was seven
I wanted to live in a bathysphere
 
Between coral
silent eel
silver swordfish
I can't really feel or dream down here
And if the water should cut my line (*2)
Set me free

And if the water should cut my line
Set me free, I don't mind
I'll be the lost sailor, my home is the sea
 
When I was seven
My father said to me
'But you can't swim'
And I've never dreamed of the sea again
 
Bill Callahan

4 comments:

Shumway said...

Parabéns.
Estive a ouvir, e outra excelente selecção musical.
Para além de recordar Hector Zazou, descobri Dirty on Purpose e Paavoharju que não conhecia.

Abraço

Zito said...

obrigado shumway.

os Dirty on Purpose têm altos e baixos, os momentos altos são excelentes, é preciso alguma paciência com eles

Paavoharju são um mundo à parte, e muito distante da terra natal Filândia ....

lavínia said...

Hola! que tal animal collective ontem?

Zito said...

faltavam lá vocês :P

viagem sensorial quase total ....
o puto atlas deu um concerto escondido !

os AC são grandes manipuladores/contrutores de sons espaciais ... o puto panda bear é genial .... temos q ve-lo a solo.